EM FOCO / BANCO DA AMAZÔNIA

Imprimir Notícia

Basa é condenado a incorporar função de bancário

03/06/2015 às 10:46
Arlíria Frazão - Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

A Justiça do Trabalho deferiu o pedido de antecipação da tutela e determinou que Banco da Amazônia realize a incorporação de função do bancário Antonio Carlos Carneiro da Silva.

O banco deverá  incorporar à remuneração do bancário a gratificação de função recebidas pelo exercício de cargo de confiança por mais de dez anos, tendo por base a última parcela.

Antonio Carneiro da Silva foi admitido pelo Basa em 1979. Apartir de 2002, começou a exercer a função de supervisor operacional, e foi destituído da função em abril de 2015, sem justa causa. Seguindo o princípio da estabilidade financeira, o banco não pode retirar a gratificação recebida pelo exercício de cargo de confiança por dez anos ou mais, após dispensar injustificadamente o empregado da função.

A Justiça determinou também o pagamento de multa diária de R$ 500, em caso de descumprimento da decisão.

Confira decisão na íntegra.

MATÉRIA RELACIONADA: Justiça condena Basa a incorporar função de bancário

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3522
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Mobilização, Unidade e Luta.