PLANTÃO / BRADESCO

Imprimir Notícia

Lucro do Bradesco sobe 1% no terceiro trimestre e chega a R$ 2,9 bilhões

01/11/2016 às 11:31
Terra
A+
A-

Os lucros só cresceram 0,9% em relação ao segundo trimestre, principalmente pelo aumento dos créditos, segundo o comunicado enviado pelo Bradesco a seus acionistas.

O lucro líquido da entidade nos nove primeiros meses do ano somou R$ 8,605 bilhões, 2,1% a mais do que no mesmo período de 2011.

O resultado trimestral era esperado pelos analistas devido às pressões do Governo aos bancos para que reduzam os juros e as tarifas por seus serviços.

Os bancos, que nos últimos anos acumularam lucros superiores aos de qualquer setor da economia brasileira, anunciaram nos últimos meses reduções significativas dos juros que cobrados pelos créditos.

Essa diminuição do custo permitiu que a pasta de créditos do Bradesco crescesse 11,8% em 12 meses, até R$ 371,674 bilhões no final de setembro.

A carteira de crédito subiu 1,8% em comparação com a qual com o segundo trimestre. Apesar do bom resultado, a taxa de falta de pagamento (dívidas vencidas há mais de 90 dias) subiu de 3,8% em setembro de 2011 a 4,1% em setembro deste ano.

As reservas para atender possíveis faltas de pagamentos aumentaram 18,9% em um ano até R$ 3,304 bilhões. Segundo seu balanço, o Bradesco tinha, no final de setembro, ativos por US$ 856,288 bilhões, 18,6% mais do que no mesmo mês do ano passado.

Seu patrimônio líquido subiu 22,9% em comparação com setembro de 2011, até R$ 66.047 bilhões. O valor de mercado do Bradesco, no final de setembro, era de R$ 113.102 bilhões, 17% superior ao do mesmo mês de 2011.

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
GALERIA
Fotos | 05/10/2017

Passeata em defesa das empresas públicas

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3522
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Mobilização, Unidade e Luta.