PLANTÃO / BANCO DO BRASIL

Imprimir Notícia

SEEB-MA cobra explicações do BB sobre reestruturação

23/11/2016 às 11:31
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Em reunião realizada nesta terça-feira (22/11), na Superintendência do Banco do Brasil, na Praça Pedro II, em São Luís, o SEEB-MA esclareceu dúvidas sobre o processo de reestruturação anunciado pelo banco, o qual decretou o fechamento de agências em todo o país, anunciou investimentos em atendimento digital – prejudicial à população mais carente – e instituiu um novo plano de incentivo à aposentadoria para desligar 18 mil funcionários no país.

Questionado pelos diretores do SEEB-MA, o superintendente regional do BB, Ingo Kobarg, assegurou que não haverá demissões no processo de reestruturação.

Sobre as agências fechadas ou por fechar, no Maranhão, aí incluídas a unidade Anjo da Guarda, Materno Infantil, Praça Deodoro (São Luís), Praça da Cultura (Imperatriz) e Parque das Nações (Açailândia), Kobarg afirmou que os funcionários serão deslocados para outras agências, nas mesmas cidades, porém, com risco real de perda de funções.

Quanto às agências que se tornarão postos de atendimento bancário, como a de Itinga, Matões, Lima Campos, Olho d’Água das Cunhãs, Parnarama, Amarante, Anil e Alemanha, o superintendente revelou que apenas os gerentes devem ser removidos, podendo concorrer para o cargo até então ocupado em outras unidades do banco.

Em resposta, os diretores do SEEB-MA criticaram duramente a reestruturação, que representa um ataque sem precedentes aos bancários do Banco do Brasil.

“Como se pode ver, os principais atingidos pela reestruturação, no Maranhão, serão os bancários que ocupam cargos de gerência, que – em regra – perderão funções, sofrendo impactos consideráveis em sua vida financeira e pessoal. Isso é inadmissível” – avaliou o diretor do SEEB-MA e bancário do BB, Luiz Augusto Santos.

Sobre o incentivo à aposentadoria, Ingo Kobarg informou que o público-alvo do novo plano é o pessoal que já possui tempo de contribuição suficiente na Previ (30 anos) ou no INSS (35 anos), que – ao todo – representa mais de 200 empregados, no Estado. A proposta do banco, como sempre, é rebaixada e deve ser analisada com cuidado por cada bancário.

De antemão, o Sindicato assegura que lutará contra a redução de direitos e salários dos bancários, assim como pelo atendimento digno à população!

Para esclarecer as demais dúvidas dos empregados do BB, o SEEB-MA já marcou para esta quarta-feira (23/11) uma reunião sobre o processo de reestruturação, que contará com a presença da assessoria jurídica, a partir das 18h, na sede do Sindicato, na Rua do Sol, Centro de São Luís. Bancário, compareça! Sua presença é de fundamental importância.

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
GALERIA
Fotos | 05/10/2017

Passeata em defesa das empresas públicas

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3522
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Mobilização, Unidade e Luta.