EM FOCO / SETEMBRO AMARELO

Imprimir Notícia

Setembro Amarelo, uma campanha necessária!

Setembro é o mês mundial de prevenção ao suicídio, um problema de saúde pública que ainda é tratado como tabu.

05/09/2017 às 10:26
Joyce Nunes- Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Setembro é o mês mundial de prevenção ao suicídio, um problema de saúde pública que ainda é tratado como tabu. Por isso, o suicídio tem sido um mal silencioso, já que as pessoas fogem do assunto e, por medo ou desconhecimento, não veem os sinais de que uma pessoa próxima está com ideias suicidas.

A Organização Mundial da Saúde estima que 800 mil pessoas por ano tiram suas próprias vidas, representando assim uma morte a cada 40 segundos.

O Centro de Valorização à Vida (CVV) realiza desde 2014 a campanha do Setembro Amarelo, já que o dia 10 de setembro é considerado o Dia Mundial Contra o Suicídio. Na campanha são realizadas ações em locais públicos e privados, por meio de palestras, debates, atendimento médico e psicológico e a identificação desses locais com a cor amarela.

O CVV afirma que é muito importante conversar sobre esse assunto, já que 90% dos casos poderiam ser evitados se as ideias suicidas fossem identificadas precocemente.

A importância do Setembro Amarelo para o setor bancário

O SEEB-MA já aderiu à Campanha “Setembro Amarelo”, alertando a categoria bancária sobre a realidade do suicídio e suas formas de prevenção. Com as reformas impostas por esse Governo corrupto, os bancários cada vez mais se sentem ameaçados e pressionados em seu ambiente laboral.

Segundo uma pesquisa realizada pela UnB, esse tipo de situação contribui para o desencadeamento de problemas psicológicos como depressão e síndrome do pânico, que levam a pessoa a perder a vontade de viver.

Atenção
Para evitar que tais fatalidades ocorram, é necessária atenção aos que estão ao nosso redor. Para isso, é interessante saber identificar os sinais apresentados nesses casos. Os principais sintomas são depressão, desesperança, desamparo, desespero e isolamento. Ao perceber esse tipo de comportamento, é importante seguir as seguintes dicas:

-Psicoterapia;
-Consultar um nutrólogo;
- Apoio familiar;
- Suporte espiritual;
- Não se isolar;
- Evitar filmes, programas e noticiários negativos.

Vamos lutar por uma causa que é de todos. Qualquer dúvida ou se estiver precisando de ajuda, ligue 144.
 

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3522
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Mobilização, Unidade e Luta.