PLANTÃO / BRADESCO

Imprimir Notícia

Bradesco é condenado a pagar R$ 800 mil por danos morais coletivos

11/12/2017 às 08:36
SEEB Bauru
A+
A-

No último dia 20, a juíza Ana Cláudia Pires Ferreira de Lima, da 1ª Vara do Trabalho de Bauru, condenou o Bradesco a pagar indenização de R$ 800 mil a título de danos morais coletivos. Por quê?

Segundo a juíza, porque "o réu organizou sua atividade produtiva sem efetivo zelo em relação às condições de trabalho (...), desatendendo ao exigido nas normas técnicas do Ministério do Trabalho e Emprego relativamente à elaboração de análise ergonômica adequada".

A juíza lembrou que "o descumprimento das normas relativas à ergonomia no local de trabalho (NR 17) é prática vedada pelos princípios que protegem o trabalho humano, em face do exacerbado malefício à saúde", e que "constitui dever da empregadora garantir a incolumidade da vida e da saúde dos trabalhadores (...), cumprindo e fazendo cumprir as normas de segurança do trabalho". 

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!