EM FOCO / IMPOSTO SINDICAL

Imprimir Notícia

SEEB-MA esclarece matéria do JN sobre o Imposto Sindical

Matéria dá a entender que todos os sindicatos têm feito assembleias para aprovar o desconto.

22/02/2018 às 12:02
SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Sobre matéria veiculada nessa terça-feira (20/02) no Jornal Nacional e reproduzida no Portal G1, da Globo.com, sob o título: “Sindicatos aprovam novas taxas para compensar fim de imposto sindical”, o Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB-MA) vem a público esclarecer que:

1. Em conformidade com as mudanças legislativas trazidas pela Reforma Trabalhista, o SEEB-MA não cobrará o Imposto Sindical de seus associados em 2018;

2. Ressalte-se que o SEEB-MA não realizou Assembleia para aprovar qualquer taxa que substitua o Imposto Sindical e, jamais, cobrou qualquer valor extra de seus associados sem autorização;

3. O Sindicato não concorda, ainda, que a autorização para o desconto possa ser coletiva, por meio de assembleias, devendo, sim, ser individual e expressa por cada trabalhador;

4. Porém, a supracitada matéria, de modo irresponsável, dá a entender que todos os sindicatos têm adotado imposições ou assembleias coletivas para aprovar o desconto, o que é mentira;

5. O SEEB-MA sempre foi contrário ao imposto obrigatório, pois, na concepção política de sua Diretoria, o Sindicato deve se manter com a contribuição voluntária de seus associados;

6. Em anos anteriores, por decisão em Assembleia Geral, a parte destinada ao Sindicato foi devolvida aos bancários e em outros casos investida na formação sindical da categoria, etc.;

7. Na verdade, o objetivo da Rede Globo com a referida matéria é jogar os trabalhadores contra os seus sindicatos, enfraquecendo-os, para beneficiar exclusivamente os patrões;

8. É repudiável a atitude dessa emissora, que para agradar o empresariado e seus anunciantes, quer, a todo custo, destruir a imagem dos sindicatos junto à opinião pública;

9. A população brasileira não pode se deixar enganar, pois foi graças à luta da maioria dos sindicatos, que a Reforma da Previdência foi retirada da pauta do Congresso em 2018;

10. Na visão do Governo Temer e da mídia comprada, como a Rede Globo, enfraquecendo os Sindicatos financeiramente e junto à opinião pública, será mais fácil retirar mais direitos;

11. Por isso, cidadão, fortaleça seu Sindicato. Não caia nas mentiras e armadilhas desse Governo corrupto e dessa mídia comprada. Caso contrário, mais ataques virão.

A Reforma Trabalhista passou, a Terceirização também e a Reforma da Previdência ainda pode passar, ao menos que a população se junte à luta dos Sindicatos por nenhum direito a menos! 

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!