PLANTÃO / BANCO DO BRASIL

Imprimir Notícia

No Governo Bolsonaro, BB fica na mira da privatização

13/11/2018 às 10:52
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Em matéria veiculada no dia 8 de novembro pelo jornal Valor Econômico é possível ver de forma clara que a intenção de Paulo Guedes, cotado para ser ministro da Economia no governo de Jair Bolsonaro (PSL), é privatizar o Banco do Brasil. Segundo o jornal, Guedes, deixou transparecer o seu viés privatizante para o Banco do Brasil em entrevista concedida ao site “Poder 360”, publicada na tarde do dia 7 de novembro, mesmo depois de Bolsonaro ter incluído o BB na lista de estatais que não devem ser privatizadas.

O site "Poder 360" também informou que uma das propostas de Guedes é a associação do BB com o maior banco americano, o Bank of America. Em outro site, Guedes alegou que uma possível fusão entre BB e Bank of America é “uma ideia para o futuro”, pois “não há nada na mesa”. Entretanto, em outras ocasiões, Paulo Guedes já deixou claro seu interesse de privatizar não apenas o BB, mas todas as empresas públicas.

A matéria do jornal Valor Econômico serve de alerta, pois mesmo que a transação com o banco norte americano não se concretize, o episódio deixa claro que o futuro ministro quer ver o BB em mãos estrangeiras, para, entre outras coisas, aumentar a competição no concentrado mercado bancário brasileiro.

Por isso, mais que nunca, é preciso seguir na luta contra a política de desmonte das empresas públicas brasileiras, que a cada dia sofrem mais ameaças do governo que está por vir.


 

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!