PLANTÃO / HSBC

Imprimir Notícia

Transição Bradesco/HSBC: movimento sindical debate transtornos com banco

16/08/2016 às 08:15
SEEB Santos
A+
A-

Representantes dos bancários participaram de audiência com representantes do Bradesco para tratar de alguns transtornos relatados por funcionários do HSBC. A medição aconteceu na última quinta-feira (11), na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, em Curitiba. Bolsa educação/graduação, ambulatório médico e falta de segurança foram alguns dos transtornos mencionados.

Os pontos preocupantes que vêm ocorrendo com os funcionários no processo de transição HSBC-Bradesco: manutenção da bolsa educação/graduação aos funcionários do HSBC; folga de um dia trabalhado a cada cinco anos até o limite de 25 anos; trabalho nas agências nos finais de semana sem vigilantes; manutenção de ambulatórios com médico e enfermeiro; cobrança de trajes sociais; proibição do uso de barba; taxa de juros de empréstimo consignado em folha de pagamento.

Representando o Bradesco, estavam o advogado Gerônimo Machado e o gerente de Recursos Humanos, Fernando Alexandre de Abreu. Eles solicitaram vinte dias para dar um posicionamento sobre todos os pontos relatados na audiência, o que deverá acontecer no dia 31 de agosto.

Aquisição do HSBC pelo Bradesco

No dia 01 de julho, o Bradesco concluiu a compra das operações do HSBC Brasil, com o pagamento de R$ 16 bilhões (valor ainda sujeito a ajuste pós-fechamento). De acordo com informações da diretoria do banco ao movimento sindical, até o início de outubro, será encaminhada a fase de transição, com manutenção da bandeira HSBC, treinamentos de funcionários e testes nos sistemas operacionais. Ainda segundo o banco, nesse período, não haverá nenhuma mudança substancial.

Ao ter acesso detalhado às informações relativas à carteira de clientes e ao corpo funcional, o Bradesco irá construir um plano de reorganização das áreas e estruturas. A partir de 07 de outubro, haverá a transformação efetiva do HSBC em Bradesco, com extinção do primeiro, troca de bandeiras e funcionamento pleno dos sistemas operacionais.

Denúncias

Representantes dos trabalhadores estão atentos às movimentações, mudanças, normas e transtornos durante o processo de transição.  Alguns tópicos já estão sendo debatidos com a diretoria do banco pela manutenção do emprego, ampliação de benefícios, condições dignas de trabalho e para que nenhuma conquista seja retirada.

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
GALERIA
Fotos | 05/10/2017

Passeata em defesa das empresas públicas

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3522
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Mobilização, Unidade e Luta.