Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

DESTAQUE / BRADESCO

Imprimir Notícia

Bradesco afronta a lei, explora e adoece bancários no MA

Em visita por to Estado, o SEEB-MA encontrou uma série de irregularidades nas agências do banco.

30/08/2019 às 09:46
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Em visita às agências do Bradesco em São Luís e no interior do Estado, os diretores do SEEB-MA constataram uma série de irregularidades praticadas pelo banco, no Maranhão.

Para se ter uma ideia, na maioria das unidades, o Bradesco já retirou ou está retirando os caixas físicos, impedindo o acesso dos clientes e usuários ao atendimento pessoal realizado nos guichês.

Vale ressaltar que tal prática viola as Resoluçõs 3.694/4.746 do Banco Central e o Código de Defesa do Consumidor, configurando atendimento discriminatório.

“Ao banco só interessa fazer negócios e bater metas, empurrando a população mais carente para correspondentes bancários menos seguros e com menos serviços, o que é vergonhoso” – afirmou o diretor do SEEB-MA e bancário do Bradesco, Cláudio Costa.

Por falar em metas, o Sindicato recebeu denúncias da cobrança excessiva do banco por resultados, o que tem ocasionado o adoecimento dos bancários em todo o Estado. Para piorar a situação, quem não consegue cumprir as metas é assediado moralmente na frente dos colegas via web conferências.

“É importante dizer que a cobrança excessiva por metas é, por si só, assédio moral. Porém, o Bradesco conseguiu elevar essa prática nefasta a outro patamar através de reuniões por vídeos, onde os bancários são pressionados ‘a pedir pra sair’, porque não conseguiram atingir os resultados pretendidos pelo banco” – criticou o dirigente.

Para o SEEB-MA, é inadmissível que o Bradesco continue a explorar e a assediar seus empregados em nome do lucro, que somente no primeiro semestre de 2019 alcançou a marca de R$ 12,6 bilhões.

“Bancário: não se esgote para cumprir as exigências do banco. Denuncie qualquer abuso ao Sindicato. Enquanto isso, estamos tomando as medidas cabíveis para reabrir os guichês nas agências e exigindo a contratação de mais bancários, a fim de melhorar as condições de trabalho. Lembre-se: a sua saúde deve vir em primeiro lugar” – finalizou Cláudio.  

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!