Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

DESTAQUE / ITAÚ

Imprimir Notícia

Depois de lucrar quase 27 bilhões, Itaú lançará PDV

Banco deveria era contratar mais bancários, a fim de melhorar condições de trabalho e atendimento.

17/02/2022 às 14:13
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Nesta quinta-feira (17/02), o Itaú comunicou aos seus empregados, que lançará um Programa de Demissão Voluntária (PDV) no próximo mês de março.

Para o SEEB-MA, a decisão de lançar o PDV é lamentável e desnecessária, tendo em vista que o banco lucrou quase R$ 27 bilhões em 2021, um resultado 45% superior ao obtido no ano passado.

“Ao invés de contratar mais bancários e abrir mais agências, o Itaú – pensando única e exclusivamente no lucro – prefere demitir e fechar unidades, o que agravará a sobrecarga de trabalho nas agências e piorará o atendimento ao público” – criticou o diretor do SEEB-MA, Alberto Félix.

De acordo com o banco, o motivo dos cortes seria o avanço da tecnologia e do atendimento digital, o que não se justifica no Maranhão, onde a maioria das pessoas sequer tem acesso à internet e, culturalmente, utiliza mais os serviços presenciais nas agências físicas.

“Essa política cruel de cortes adotada pelo Itaú não pode continuar, ainda mais, sem levar em consideração as diferentes realidades regionais” – afirmou a diretora Gerlane Pimenta.

No comunicado, o banco informou que a adesão ao PDV será voluntária e poderá ser feita a partir do final do mês de março, quando os demais detalhes do plano serão divulgados.

Segundo as primeiras informações, para aderir ao programa, o bancário precisará preencher um dos seguintes requisitos, tais como: estar afastado por motivo de saúde por mais de 30 dias; ter idade superior a 60 anos; ser estável em decorrência de licenças (B91 ou B31), entre outros.

No entendimento do Sindicato, esses critérios são preocupantes e devem ser analisados com muita calma.

“Afinal, o público elegível ao PDV será, a priori, pessoas idosas, enfermas e em retorno de licença, ou seja, pessoas que terão dificuldade de se recolocar no mercado de trabalho, pessoas que o banco explorou e agora quer demitir, como se fossem objetos. Isso é um absurdo!” – finalizou Gerlane. 

Bancário (a): pense bem antes de tomar qualquer decisão.
Em caso de dúvidas, procure o Sindicato.

SAÚDE - CAT
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3513
Jurídico: (98) 98477-5789 / 3311-3516
Secretaria Geral: (98) 98477-8001
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Trabalho, Resistência e Luta: por nenhum direito a menos!