Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

DESTAQUE / BANCO DO NORDESTE

Imprimir Notícia

SEEB na luta contra o desmonte do Banco do Nordeste!

Sindicato faz um chamado à classe política e à sociedade para se unirem à luta em defesa do BNB!

09/05/2022 às 09:36
Diretor Gilberto Alves - SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Em 2022, o Banco do Nordeste completará 70 anos, mas o que deveria ser motivo de comemoração para a principal instituição da América Latina voltada para o desenvolvimento regional, infelizmente, é causa de preocupação, devido à tentativa de desmonte do BNB, com pastas estratégicas de comando trocadas, continuamente, de forma provisória ou (conforme denunciado pela Associação dos Funcionários do Banco do Nordeste - AFBNB) como “exército de reserva – ou dá conta do recado ou pega o beco logo”.

A informação de troca de gestores em pastas estratégicas é ainda mais preocupante, uma vez que atinge a Diretoria Financeira e de Crédito do BNB, especificamente, na área de concessão de crédito, com as principais funções sendo exercidas por funcionários substitutos ou em exercício, levando instabilidade e fragilidade na governança corporativa do BNB. Ademais, o SEEB-MA denuncia a implantação de um modelo de produtividade com foco em quantidade e não em qualidade, bem como a utilização de sistema de ranqueamento entre analistas de centrais – prática vedada no atual acordo coletivo de trabalho.

Outra notícia preocupante veiculada nos fóruns de gestão das superintendências estaduais está na migração das operações das micro e pequenas empresas e Pronaf da rede de agências para empresa que atuaria no microcrédito, cujo projeto piloto está sendo implantado nas unidades de Juazeiro/BA e Crato/CE. A justificativa para implantação do projeto tem como objetivo o aproveitamento da expertise do microcrédito para dar celeridade nas contratações e liberar espaços nas agências para prospecção de novos negócios. Na visão do Sindicato, esse o projeto é o início do fechamento de agências e de terceirização.

Para o SEEB-MA, a retirada de tais operações é preocupante em razão dos seguintes aspectos:

a) iniciativa com o objetivo de terceirização com precariedade na qualidade do crédito – foco na contratação – ou seja, o importante é fazer não importa como – esquecendo que as fontes de financiamentos são oriundas de recursos públicos que exigem transparência e observância da seleção adversa e do risco moral;

b) sustentabilidade das agências estará prejudicada com fechamento de unidades em algumas praças, principalmente, aquelas agências com foco em micro e pequenas empresas e pequenos produtores rurais, uma vez que foram implantadas em cidades com perfil do referido público;

c) medida indica desinvestimento em pessoal e redução da capilaridade do banco, trazendo sérias consequências para o corpo funcional e para o próprio BNB, que ficará mais frágil e suscetível à intervenção política com posterior desmonte – retirada do FNE e privatização;

d) fragilização das centrais de crédito com extinção das centrais de varejo e novas reestruturações, descomissionamento de funcionários e redução de pessoal.

Com o intuito de combater esses ataques, o SEEB-MA estará na luta contra o desmonte do BNB e faz um chamado à sociedade e aos políticos da região Nordeste que desejam um BNB forte, alicerçado nos pilares de crescimento econômico com desenvolvimento sustentável e inclusão social: que se somem a nossa luta. Não a terceirização no BNB, NÃO as reestruturações e descomissionamento de funcionários, NÃO aos fechamentos de agências e centrais!  

SAÚDE - CAT
ÁREA DO CLIENTE
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3513
Jurídico: (98) 98477-5789 / 3311-3516
Secretaria Geral: (98) 98477-8001
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Trabalho, Resistência e Luta: por nenhum direito a menos!