Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

DESTAQUE / BANCO DO BRASIL

Imprimir Notícia

SEEB-MA cobra o fim das transferências forçadas no BB

Bancários estão sendo transferidos contra a sua vontade pelo Banco do Brasil, no interior do Maranhão.

22/10/2019 às 10:20
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

O SEEB-MA cobra o fim das transferências forçadas que estão sendo realizadas pelo Banco do Brasil, no interior do Maranhão. De acordo com denúncias, bancários estão sendo transferidos contra a sua vontade para agências de outras cidades, que ficam a mais de 30 km de suas residências.

Para o diretor do SEEB-MA e bancário do BB, Dielson Rodrigues, essa prática abusiva do Banco do Brasil tem provocado graves prejuízos para a vida e para a carreira dos funcionários. Questionado pelo SEEB-MA, o BB diz que o objetivo das transferências é preencher vagas em aberto em unidades de difícil acesso mediante incentivo financeiro.

No entanto, por diversas vezes, o Sindicato já afirmou que essa medida não resolverá o problema da falta de funcionários, que foi agravado nos últimos anos pelos planos de demissão voluntária e aposentadorias. “A única forma de resolver esse déficit é a realização de novos concursos públicos e a contratação de mais bancários” – afirmou Dielson.

O diretor criticou, ainda, o fato dos funcionários serem transferidos de agências que possuem poucos bancários para outras que possuem quase nenhum. “No fim das contas, ambas as agências ficam com o quadro escasso, sobrecarregando os bancários e precarizando o atendimento à população” – explicou.

A situação já foi denunciada à GEPES do BB e caso o banco não se abstenha dessa prática, o SEEB-MA tomará as medidas judiciais cabíveis. 

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!