Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

DESTAQUE / BANCO DA AMAZÔNIA

Imprimir Notícia

SEEB-MA considera proposta sobre a CAPAF insuficiente

Sindicato pede a confiança e orienta beneficiários a não tomarem decisões precipitadas.

08/10/2020 às 10:26
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

O SEEB-MA promoveu nessa quarta-feira (07/10) uma reunião com os bancários da ativa, aposentados e pensionistas do Banco da Amazônia. O objetivo foi esclarecer dúvidas e discutir o andamento da negociação com o BASA sobre os planos BD e CV da CAPAF.

Muitos beneficiários participaram da reunião remotamente, via plataforma Zoom, e presencialmente, na sede do Sindicato, na Rua do Sol, Centro de São Luís.

Na ocasião, o assessor jurídico do SEEB-MA, Diego Maranhão, e o diretor da entidade, Arnaldo Marques, reafirmaram o interesse do Sindicato em chegar a um acordo com o BASA que não retire direitos dos trabalhadores.

“Porém, a atual proposta do banco tem pontos obscuros, que não dão segurança em relação aos benefícios dos participantes da CAPAF, devendo ser rejeitada. Acreditamos ser possível e vamos lutar para que o BASA avance na proposta apresentada” – afirmou Arnaldo.

Diante disso, a Diretoria do SEEB-MA pede aos beneficiários da CAPAF que tenham paciência e confiem na forma como o Sindicato tem conduzido a negociação com o Banco da Amazônia, orientando a todos os interessados que não tomem decisões precipitadas.

“Desde o início desse impasse, em conjunto com a AABA e a AEBA, sempre lutamos com compromisso e responsabilidade em favor dos participantes. Agora, não será diferente. Não mediremos esforços para garantir o melhor acordo para vocês” – finalizou o diretor. 

 
 

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!