Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

DESTAQUE / CAIXA ECONÔMICA

Imprimir Notícia

Caixa: SEEB e SR/ITZ discutem reclamações de bancários

Reunião com a Superintendência da Caixa tratou de temas como assédio moral, transferências e metas.

26/08/2021 às 09:44
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Em reunião presencial e virtual realizada nesta terça-feira (24/08) com a Superintendência da Caixa Econômica Federal (CEF), em Imperatriz, o SEEB-MA apresentou uma série de informações que chegaram ao conhecimento do Sindicato sobre o meio ambiente do trabalho e de atendimento nas agências bancárias da CEF, em todo o Maranhão.

Entre os temas abordados: as condições precárias de trabalho; transferências punitivas pelo não cumprimento de metas; a quebra da isonomia em PSI; a recusa de atendimento; a cobrança de metas fora do horário comercial; o assédio moral, além de vendas casadas, que violam o Código de Defesa do Consumidor.

Condições de trabalho na pandemia

Na ocasião, o SEEB-MA demonstrou que as condições de trabalho dos bancários pioraram ainda mais durante a pandemia em razão da falta de pessoal, da sobrecarga de trabalho e da cobrança abusiva de metas e solicitou providências para melhorar o ambiente laboral.

Em resposta, o superintendente da SR/ITZ, Jonathan Valença, informou que a Caixa suspendeu a cobrança de metas em 2020 e as reduziu em 2021 para melhorar a situação dos bancários.

Transferências punitivas?

Acerca das transferências punitivas pelo não cumprimento de metas, Valença afirmou que essa informação é falsa. “Não há, nem haverá, a aplicação de tal medida aos gestores da SR Imperatriz” - complementou.

Contudo, o superintendente argumentou que o normativo da Caixa aduz que empregados com desempenho excepcional ou superior têm prioridade na transferência para agências com porte maior.

"A transferência como prioridade para empregados com desempenho superior ou excepcional nos parece normal, quando e se houver vaga em aberto na unidade que o receberá. Porém, se para abrir essa vaga alguém que não alcançou a meta precisar ser transferido para unidade de porte menor ou localizada em município mais distante, sendo este o critério de escolha, no entendimento dos Sindicato fica caracterizada a transferência punitiva. Nesse caso, essa forma de interpretar o instrumento normativo fere a dignidade da pessoa humana e os direitos trabalhistas” – afirmou o diretor do SEEB-MA, João Siguinez.

Quebra de isonomia

Sobre a quebra de isonomia em PSI, a SR/ITZ garantiu que esse problema não ocorrerá na Regional Imperatriz. “A Superintendência tem a necessidade de trazer mão de obra, mas manterá as diretrizes da Caixa, não havendo que se falar em quebra de isonomia” – explicou Jonathan.

Recusa de atendimento

Quanto às denúncias de direcionamento obrigatório de clientes à rede de correspondentes (recusa de atendimento), a Superintendência ressaltou que não adota esse procedimento e que o cliente pode escolher o melhor canal para atendimento, seja na agência, nas lotéricas ou em outros.

Cobrança de metas e vendas casadas

Em relação à cobrança de metas além do expediente, via WhatsApp, Valença informou que os grupos no aplicativo estão sendo encerrados para utilização exclusiva do Teams e que não haverá pedido de informações fora do horário comercial, o que – para o SEEB-MA – ensejaria hora extra.

No que diz respeito à realização de vendas casadas e ao repasse de informações falsas por empregados a clientes, com o intuito de entrar no “Time de Vendas”, a Superintendência informou que não tolera, coíbe e apurará a responsabilidade do bancário que for verificado fazendo tal ação.

Assédio moral

Por fim, e mais grave, o SEEB/MA afirmou que atuará fortemente caso receba qualquer denúncia de assédio moral na cobrança de metas. Já o superintendente informou que se empenhará em conversar com a rede de gestores para que essas condutas repugnantes não ocorram na região.

No fim da reunião, ficou estabelecido que, no período de 13 a 24 de setembro, a Superintendência e o SEEB-MA promoverão rodas de diálogo sobre assédio moral e venda casada com toda a equipe da Caixa do Sul do Maranhão por meio do aplicativo Microsoft Teams.

Avaliação do SEEB-MA

“O estabelecimento de padrões éticos no meio ambiente de trabalho e o uso moderado dos instrumentos de cobrança de meta, dentro do poder discricionário da empresa, além da urbanidade, polidez, equilíbrio e temperança, são importantes para evitar conflitos, manter as equipes entusiasmadas, entregar resultados sustentáveis e produtos de qualidade a população brasileira. Os bancos públicos, assim como o funcionalismo em geral, estão sob ataque da ideologia neoliberal, cabendo a cada bancário, independentemente do nível funcional hierárquico que se encontra, conscientizar-se sobre isso e lutar pela manutenção de um meio ambiente do trabalho saudável e jamais contribuir para agressões e adoecimento” - afirmou Igor Maciel.

Além do superintendente da Caixa, em Imperatriz, Jonathan Valença, representaram o banco, na reunião, o Sr. Alberto e a Sra. Cleymone. Por sua vez, representando o SEEB-MA, participaram os diretores regionais Cássio Valdenor, Lívia Morais, João Siguinez, Igor Maciel, Francisco Sousa, além do presidente do Sindicato, Dielson Rodrigues, dentre outros dirigentes, como Enock Bezerra e Gilberto Alves.

GALERIA
Fotos | 23/09/2021

Visitas às agências do Maranhão

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Trabalho, Resistência e Luta: por nenhum direito a menos!