Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

PLANTÃO / PREVIDÊNCIA

Imprimir Notícia

Mulheres na base da pirâmide previdenciária.

20/02/2019 às 11:05
Bancários Bahia
A+
A-

Na reforma da Previdência, as mulheres pobres, que ganham salário mínimo estão na base da pirâmide, esquecidas e sacrificadas, cada vez mais distante do sonho da aposentadoria. Segundo dados recentes, 2/3 das mulheres brasileiras se aposentaram por idade e recebem R$ 1.177,88 em média.

Já 2/3 dos homens se aposentaram por tempo de contribuição com benefícios médios de R$ 2.504,00. Isto significa que o mesmo percentual de homens aposentados ganha mais do que o dobro das mulheres.

Tem mais, a reforma não leva em conta a dupla jornada de trabalho das mulheres e mantém a idade mínima para a aposentadoria (62 anos) muito alta. Desde a criação do fator previdenciário, pelo governo FHC, o objetivo era reduzir o benefício do trabalhador. Porém, o modelo atual é pior e mais injusto.

A proposta do governo de Bolsonaro prevê ainda redução de 40% do valor de pensões de viúvos e órfãos. O benefício pode ficar abaixo de um salário mínimo. Em menos de dois meses de governo, o que se vê é a clara tentativa de beneficiar o empresariado e os banqueiros, às custas dos trabalhadores.  

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!