Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

PLANTÃO / ECONOMIA

Imprimir Notícia

Para governo, população mais pobre não sabe poupar

19/11/2019 às 08:20
SEEB Bahia
A+
A-

O brasileiro tem de se virar nos trinta para pagar as contas mais básicas, como água, luz e alimentação. O salário mínimo de R$ 998,00 é insuficiente para ficar até o fim do mês. Guardar algum trocado para urgências futuras só é possível se o cidadão fizer mágica, literalmente.

A realidade é extremamente difícil. Mas, o governo não está nem aí. Pior. Acha que a população mais carente não poupa porque não quer. Pelo menos foi o que declarou o ministro da Economia. Paulo Guedes afirmou que enquanto "os ricos capitalizam os recursos, os pobres consomem tudo".
 
Além de desconsiderar o salário mínimo pífio que a maioria da população, o "guru" do presidente Bolsonaro ignora o fato de que quase 13 milhões de trabalhadores estão sem emprego. Outros milhões estão na informalidade e recorrem a bicos para sobreviver.
 
Segundo o Dieese, o mínimo ideal para viver com dignidade no país deveria ser de R$ 3.980,82. Já o IBGE aponta que cerca de 16 milhões de famílias têm rendimento médio de R$ 1.232,17. Ainda, de acordo com o IBGE, as famílias que ganham em média dois salários mínimos (R$ 1.996,00) gastam 61% com alimentação e transporte. Portanto, só mesmo um milagre para conseguir poupar.

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!