Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

DESTAQUE / BANCO DO BRASIL

Imprimir Notícia

Nova reestruturação visa reduzir salários de bancários

Bancários precisam ir à luta para barrar mais esse ataque do banco e do Governo Bolsonaro.

04/02/2020 às 11:48
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Sem qualquer diálogo com as entidades sindicais, o Banco do Brasil anunciou nessa segunda-feira (03/02) um novo processo de reestruturação, que, dentre outras medidas, visa reduzir os salários de praticamente todos os funcionários da empresa.

Para se ter ideia, gerentes, assessores, dentre outros bancários, terão cortes expressivos em suas remunerações, o que ocasionará graves prejuízos aos trabalhadores. Mesmo assim, de modo descarado, o banco informou que a medida objetiva a “valorização do funcionário”, o “desenvolvimento profissional” e a adequação dos salários “à média do mercado”.

Vale ressaltar, porém, que os bancários já ocupantes das funções e os já nomeados, mas ainda não empossados em cargos de comissão não serão atingidos pela reestruturação. Como se não bastasse a redução salarial, o BB anunciou, ainda, a ampliação da política de remuneração variável (Programa de Desempenho Gratificado – PDG), condicionando o valor do salário do bancário ao cumprimento crescente de metas. Além disso, modificou as regras do programa de Gestão de Desempenho Profissional (GDP), dificultando a obtenção de avaliações positivas por parte dos bancários, o que tem aterrorizado o funcionalismo.

Para o SEEB-MA, essa reestruturação aumentará, ainda mais, a pressão, a exploração e o assédio moral nos locais de trabalho, bem como o adoecimento físico e mental dos funcionários do BB, que vivem esgotados, pois precisam bater metas abusivas para garantir um salário decente e, sobretudo, a ânsia do banco em obter lucros cada vez maiores. “Diante desses ataques do Governo Bolsonaro, é hora de reagir e de se unir a outras categorias, de modo a construir uma greve geral contra o desmonte do Banco do Brasil, da Caixa, dos Correios e da Petrobras. Vamos à luta contra as privatizações de nossas estatais e em defesa dos nossos direitos” – conclamou o diretor do SEEB-MA e bancário do BB, Dielson Rodrigues. 

GALERIA
Fotos | 14/07/2020

Atos públicos contra o fechamento do BASA

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!