Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

EM FOCO / DIA DO TRABALHADOR

Imprimir Notícia

Por um 1º de Maio em defesa da vida e dos direitos!

SEEB-MA defende medidas drásticas de isolamento, a fim de evitar aglomerações nas portas dos bancos.

01/05/2020 às 10:10
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Neste 1º de Maio, Dia do Trabalhador, o SEEB-MA exige respeito e providências dos governantes em relação aos bancários, brasileiros que – diariamente – tem enfrentado o medo e o risco de morte devido à pandemia do coronavírus.

Em todo o país, colegas têm tombado vítimas da Covid-19, mas, sobretudo, por causa da negligência de governos e da ganância de banqueiros, que insistem em colocar o lucro acima da vida das pessoas.

Por isso, o SEEB-MA defende medidas drásticas de isolamento social, a fim de evitar aglomerações nas portas das agências bancárias, combatendo, assim, o avanço do coronavírus no Brasil, onde a doença já matou mais de 5 mil pessoas, com 204 óbitos no Maranhão, sem contar os casos não notificados.

Vale ressaltar, porém, que não são apenas os bancários que estão sendo penalizados durante essa crise sanitária. A classe trabalhadora como um todo têm sofrido ataques, graças à agenda ultraliberal do Governo Bolsonaro e do Congresso Nacional, que só visam satisfazer os interesses dos empresários e aumentar a exploração dos trabalhadores.

Exemplo disso foi a MP 905/2020, que embora revogada, poderá ser reeditada ainda este ano com o objetivo de rebaixar salários, aumentar a informalidade e reduzir direitos das categorias. Tudo isso com o aval da Câmara e do Senado.

Infelizmente, o mesmo ocorre com governadores e prefeitos, os quais – devido à pressão do empresariado – tentam retomar à normalidade nos respectivos estados e municípios, contribuindo, assim, com a propagação do vírus.

“É um absurdo que governos estejam mais preocupados com a economia, com a reabertura do comércio, com a satisfação dos empresários do que em proteger a vida da população” – afirmou o presidente do SEEB-MA, Eloy Natan.

Por todo o exposto, o Sindicato dos Bancários conclama a classe trabalhadora a se unir em defesa vida, de um rígido isolamento social, dos empregos, da estabilidade, dos salários, dos direitos, do aumento da renda básica, da distribuição desse auxílio a todos que precisam, do não pagamento da dívida pública aos banqueiros, para que esses recursos sejam revertidos para a saúde pública e, sobretudo, para fortalecer a luta pela saída de Bolsonaro e Mourão do Governo Federal.

“Não podemos admitir que pessoas como essas continuem no comando do Brasil, minimizando a gravidade da pandemia, menosprezando a morte milhares de brasileiros, sem falar na incapacidade de garantir sustento à população para que esta possa ficar em casa pelo tempo que durar essa crise, como tem sido feito em todo o mundo. Os trabalhadores não podem pagar essa conta” – finalizou Eloy Natan. Viva à luta dos trabalhadores! 

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!