Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

DESTAQUE / BANCO DO BRASIL

Imprimir Notícia

Bancários do BB deflagram greve de 24h em todo o país

No Maranhão, bancários realizaram atos contra o desmonte do Banco do Brasil pelo Governo Bolsonaro.

29/01/2021 às 12:20
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Greve dos Bancários do BB em Imperatriz
Greve dos Bancários do BB em Imperatriz (Ascom/SEEB-MA)

Os bancários do Banco do Brasil deflagraram nesta sexta-feira (29/01) uma GREVE NACIONAL DE 24H em protesto contra a decisão do Governo Bolsonaro de demitir 5 mil funcionários, fechar mais de 360 agências, além de reduzir direitos e salários da categoria em todo o país.

No Maranhão, os bancários do BB paralisaram as atividades e, vestidos de preto, realizaram atos públicos para exigir o fim do desmonte do banco público, que – no Estado – fechará unidades em Bacabal, Caxias, Governador Archer, Santa Quitéria e Imperatriz, além das agências Cohatrac e Reviver, em São Luís, o que ocasionará enormes prejuízos para a economia, para os bancários e para a população maranhense.

“O apoio da classe política, da imprensa, dos bancários e, sobretudo, da sociedade é essencial para barrarmos mais esse ataque do Governo Bolsonaro ao povo brasileiro” – afirmou o diretor do SEEB-MA, Rodolfo Cutrim.

Para se ter ideia, com essa reestruturação, clientes e usuários vão sofrer com filas maiores, superlotação, piora no atendimento e risco de contrair a Covid-19, pois as aglomerações nas demais agências vão aumentar com o encerramento das referidas unidades no Maranhão.

De acordo com o diretor do SEEB-MA, Dielson Rodrigues, a greve de 24 horas visa, também, cobrar a garantia de direitos dos bancários do BB, como a manutenção das gratificações e comissões, o não rebaixamento salarial e o recuo do banco em relação às transferências compulsórias.

Durante a greve, em São Luís, os bancários se reuniram em frente à agência do Banco do Brasil da Praça Deodoro, observando todas as medidas sanitárias. Houve, ainda, manifestações em Imperatriz, Caxias, Bacabal, dentre outros municípios.

Na Capital e nas demais cidades, a categoria recolheu assinaturas da população em um abaixo-assinado contra a reestruturação do BB, que tem como único objetivo enxugar o Banco do Brasil, visando prepará-lo para a privatização, o que só beneficiará os banqueiros privados, que só pensam no lucro e não no desenvolvimento social e econômico do país.

Por isso, vamos à luta!
#EsseBancoÉdoBrasil! #NãoMexeNoBB #ForaBolsonaro! 

GALERIA DE FOTOS
GALERIA
Fotos | 23/09/2021

Visitas às agências do Maranhão

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Trabalho, Resistência e Luta: por nenhum direito a menos!