Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

DESTAQUE / ASSÉDIO SEXUAL

Imprimir Notícia

SEEB participa de ato nacional contra o assédio sexual

Ato público ocorreu em frente à agência da Caixa Econômica Federal, em Balsas.

05/07/2022 às 15:21
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

O SEEB-MA participou nesta terça-feira (05/07) do Dia Nacional de Luta contra o Assédio Moral e o Assédio Sexual no Trabalho. No Maranhão, o ato ocorreu em frente à agência da Caixa, em Balsas, onde um carro de som replicava para a população os conceitos, formas de prevenção e de combate a essas práticas ilegais no ambiente de trabalho.

Na ocasião, o Diretor Igor Maciel cobrou das autoridades uma rigorosa investigação contra o ex-presidente da Caixa, Pedro Guimarães, acusado de assédio sexual por inúmeras funcionárias do banco.

“É inadmissível que crimes como esse ainda sejam praticados em pleno 2022. Se as denúncias forem comprovadas, esse gestor, assim como todos agressores sexuais e morais devem ser exemplarmente punidos, inclusive na esfera penal” – afirmou.

De acordo com Igor Maciel, embora o assédio sexual possa ser praticado por mulheres contra homens, a maioria das denúncias que chegam ao Sindicato partem do sexo feminino em relação aos seus superiores hierárquicos.

“O assédio sexual pode ser praticado por homens, mulheres, gestores ou até por colegas de mesma hierarquia, mas é mais comum pelos chefes contra as suas subordinadas, pois, em regra, 71% dos cargos de chefia nos bancos ainda são ocupados por homens, embora a maioria da categoria seja do sexo feminino” – explicou Igor.

Segundo a Diretora do SEEB-MA, Gerlane Pimenta, o assédio pode se configurar por meio de elogios persistentes, mensagens fora do contexto do trabalho, comentários libidinosos sobre as roupas, partes do corpo e a índole da funcionária e até ameaças para que a vítima ceda às investidas do agressor, como demissão e transferência, o que gera adoecimento e estragos na vida profissional e na saúde mental das trabalhadoras.

“Por isso, romper o silêncio pode fazer a diferença na vida de muitas mulheres. Bancária: mande a sua denúncia para denuncia@bancariosma.org.br. Garantimos o total sigilo das informações e oferecemos acompanhamento psicológico para ajudá-la a superar esse abuso. Não se cale, denuncie. Estamos juntos com você nessa luta: por sua saúde e, também, pela punição dos agressores morais e sexuais” – finalizou Gerlane. 

MATÉRIAS RELACIONADAS
SAÚDE - CAT
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3513
Jurídico: (98) 98477-5789 / 3311-3516
Secretaria Geral: (98) 98477-8001
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Trabalho, Resistência e Luta: por nenhum direito a menos!