Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

EM FOCO / SANTANDER

Imprimir Notícia

SEEB cobra o fim da extrapolação de jornada no Santander

Banco tem obrigado empregados a trabalharem após o expediente, sem o recebimento de horas extras.

07/11/2019 às 11:50
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Em reunião com a superintendente regional, Gilneide Machado, o SEEB-MA voltou a cobrar o fim da extrapolação de jornada nas agências do Santander, no Maranhão.

De acordo com denúncias recebidas pelo Sindicato, o banco tem obrigado os seus empregados a trabalharem após o expediente, sem o recebimento de horas extras.

“Há casos de gerentes que batem o ponto às 18h, mas continuam trabalhando até as 21h, sem receber adicional e, ainda por cima, colocando em risco a sua saúde e segurança” – afirmou o diretor do SEEB-MA e funcionário do Santander, Marcelo Bastos.

Para piorar a situação, o banco também tem compelido os vigilantes a permanecerem nas agências após o término de suas jornadas, ou seja, até que o último bancário saia, o que é proibido.

“Essa atitude é um perigo, pois caso ocorra algum sinistro após às 18h48, horário limite que o segurança pode ficar na agência, esses trabalhadores e seus familiares ficarão sem qualquer respaldo. Portanto, tem sido grande o prejuízo aos bancários e aos vigilantes” – ressaltou Marcelo.

Diante disso, o SEEB-MA já denunciou a situação ao Ministério Público e aos demais órgãos competentes. Em resposta, a superintendente do Santander afirmou que solicitará o fim dessa prática nas agências do banco, no Maranhão. 

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!