Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

EM FOCO / ITAÚ

Imprimir Notícia

SEEB-MA cobra manutenção de equipamentos nas agências

Quedas de sistema e a quebra de caixas eletrônicos são constantes nas agências do banco no Estado.

13/04/2021 às 09:46
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

O SEEB-MA denuncia a falta de investimento do Itaú nos setores de manutenção e de tecnologia no Maranhão. Segundo relatos, as quedas de sistema e a quebra de caixas eletrônicos são constantes nas agências do banco no Estado.

Além disso, o número de máquinas contadoras de células nas unidades é insuficiente e as poucas que ainda funcionam são antigas e ultrapassadas, o que têm atrasado o serviço e gerado prejuízos aos bancários e à população.

Mesmo avisado imediatamente sobre os problemas nos equipamentos, o banco demora a providenciar o conserto, que – por vezes – leva dias para ser finalizado.

Apesar desses problemas causados exclusivamente pela empresa, o Itaú continua cobrando o cumprimento de metas cada vez maiores dos bancários, sob pena de responsabilização no programa GERA, o que é inaceitável.

“Como um banco que lucrou quase R$ 19 bilhões em 2020 e só vive gastando com propaganda na TV e na Internet, não garante nem a manutenção de seu maquinário? Isso é falta de respeito e de sensibilidade com os trabalhadores. Não vamos admitir. Caso o Itaú não providencie condições dignas de trabalho aos seus funcionários e continue a realizar essas cobranças abusivas contra os bancários, tomaremos as medidas jurídicas e políticas cabíveis. Bancário (a): denuncie!” – afirmou a diretora de comunicação do SEEB-MA, Gerlane Pimenta. 

GALERIA
Fotos | 23/09/2021

Visitas às agências do Maranhão

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Trabalho, Resistência e Luta: por nenhum direito a menos!