Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

PLANTÃO / CAIXA ECONÔMICA

Imprimir Notícia

Assembleia sobre o Saúde Caixa no sábado (30/10)

SEEB-MA defende mobilização contra ataque do governo que quer encarecer o Saúde Caixa.

26/10/2021 às 09:07
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Foto: Divulgação

Bancários ativos e aposentados da Caixa  estão convidados para participarem da Assembleia Geral Virtual que será realizada no sábado (30/10), às 14h, via aplicativo Zoom (link).

O objetivo é aprovar ou não a nova forma de custeio do Saúde Caixa, medida prevista desde a assinatura do ACT 2020/2022, a fim de evitar déficits no plano.

Propostas prejudiciais

Ao todo, duas propostas serão apresentadas ao funcionalismo na Assembleia: uma da Contraf e a outra da Contec. A proposta da Contraf consiste na cobrança de uma 13ª mensalidade aos participantes.

Já a da Contec descarta essa 13ª parcela, mas estabelece, entre outros pontos, uma franquia de R$ 300 para internações, além de uma tabela de valores mínimos de mensalidade para os titulares.

Com isso, titulares mais novos, com salários menores, pagarão mais de 4% para o plano mensalmente. O mesmo ocorrerá com os aposentados com salários menores, que pagarão mais.

Caixa deveria aumentar gastos com saúde

Para o SEEB-MA, ambas as propostas são equivocadas e prejudiciais ao funcionalismo, pois o correto seria aumentar o teto de gastos da Caixa com saúde, tendo em vista que a desculpa do banco para manter o percentual de 6,5% já caiu, com a revogação da Resolução 25 da CGPAR pelo Congresso Nacional.

“Essas propostas retiram da Caixa a responsabilidade de custear a saúde dos seus funcionários, jogando a conta e os aumentos futuros no bolso dos bancários. Não podemos permitir esse ataque sem luta, como querem fazer a Contraf e a Contec” – afirmou o diretor do SEEB-MA, Eloy Natan.

Por sua vez, a Contraf e a Contec defendem as propostas sob o pretexto de que, sem essas mudanças, a Caixa seria obrigada a acabar com a proporcionalidade 70/30, com a solidariedade e com o pacto intergeracional, partindo para a cobrança individual, com base nas idades e salários, o que encareceria o plano de saúde.

SEEB-MA defende rejeição das propostas e mobilização

“Porém, isso não é verdade. Com a queda da Resolução 25 da CGPAR, a Caixa tinha era que aumentar o teto de gastos com a saúde dos seus empregados e não onerar, ainda mais, o funcionalismo, com o aval da Contraf e da Contec. Por isso, o SEEB-MA defenderá a rejeição dessas propostas. Somos 120 mil empregados ativos e aposentados e temos força pra mudar essa situação. Precisamos organizar uma forte mobilização para garantir um acordo melhor. Não podemos aceitar esse posicionamento lamentável da Contraf e a Contec, que, mais uma vez, desmobilizaram a categoria, assinaram um acordo ruim e, agora, querem empurrar mais um ataque do Governo ao bolso dos bancários sem qualquer resistência. Precisamos nos unir em todo o país e organizar uma greve em defesa do Saúde Caixa para assegurarmos nossos direitos” – finalizou.

Bancário(a): participe da Assembleia!

Confira o edital da Assembleia! 

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Trabalho, Resistência e Luta: por nenhum direito a menos!