Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

DESTAQUE / TRANSPARÊNCIA

Imprimir Notícia

Bancários aprovam previsão orçamentária 2020

Aprovação ressalta a transparência e o respeito que o SEEB-MA tem com as contribuições dos associados.

30/11/2019 às 18:36
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Em Assembleia Geral realizada no sábado (30/11), na sede do SEEB-MA, em São Luís, os bancários aprovaram – por unanimidade – a previsão orçamentária do Sindicato para o exercício 2020.

Na ocasião, o diretor de finanças do SEEB-MA, Enock Bezerra, destacou o equilíbrio financeiro do Sindicato, apesar dos ataques do Governo Federal às fontes de renda das entidades de classe.

Segundo Enock, no próximo ano, medidas como o fechamento de agências e os programas de demissão voluntária devem ser intensificadas, o que reduzirá, ainda mais, a receita dos sindicatos.

“Porém, organizamos as finanças do SEEB-MA, com transparência e responsabilidade, garantindo, assim, condições financeiras suficientes para enfrentar os desafios que estão por vir” - afirmou.

Na avaliação do diretor, a Campanha Salarial 2020 será, “sem sombra de dúvidas”, a mais difícil das últimas duas décadas, principalmente, em razão da política ultraliberal do Governo Bolsonaro, voltada, exclusivamente, para ceifar os direitos dos trabalhadores, em especial os dos bancários, a fim de beneficiar os banqueiros.

“No entanto, ratificamos que estamos nos preparando para esse enfrentamento, que demandará mais organização, campanhas de mídia e visitas à base, a fim de conscientizá-la, que somente com mobilização e luta manteremos nossos direitos e lutaremos por novas conquistas” – finalizou Enock.

GALERIA DE FOTOS
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!